quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Vidraça Quebrada

Por Marcelo Pereira

Um garoto peralta, daqueles que gostam de amarrar rabo de gato e atirar pedras em passarinhos, resolve atirar pedras em uma vidraça cara de uma casa em seu bairro. Pega o seu bodoque e, sem hesitar atira com força e acaba quebrando um raro e caro vitral. 

Imediatamente sai correndo e segundo depois outro garoto, comportado e de boa índole aparece no mesmo lugar e decide tentar arrimar o vitral quebrado, tentando colar as peças que caíram.

O dono da casa, irado com o vitral caríssimo que havia sido quebrado, sai da casa para tentar caçar o culpado e encontra o garoto que estava tentando arrumar sua janela quebrada. 

Sem saber o que realmente aconteceu, pune o garoto que estava tentando arrumar, achando que foi ele que quebrou a janela. Enquanto isso, o verdadeiro culpado se encontrava impune, há muitas léguas longe dali.

O nome do menino que quebrou a janela era Fernando. O que tentou consertá-la, mas respondeu pelo estrago causado pelo outro, se chamava Luís.

Certamente você conhece esta estória, contada de outra forma, com os mesmos personagens e com o mesmo final injusto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.